top of page

Abir e Ancat firmam acordo para incentivar economia circular de embalagens

Parceria gera melhor renda para cooperativas de catadores e está em consonância com a Política Nacional de Resíduos Sólidos





A Associação Brasileira das Indústrias de Refrigerantes e de Bebidas não Alcoólicas (Abir) e a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (Ancat) assinaram na última quinta-feira, 15, durante a Expocatadores, em São Paulo, com presença do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva, protocolo de intenções com o objetivo de incentivar a economia circular de embalagens em geral, em consonância com as premissas estabelecidas na Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS).

“Abir e Ancat têm experiência de mais de uma década de vigência da PNRS. Muito já foi feito, como a melhoria contínua das embalagens para maior reciclabilidade, ampliação do portfólio de retornáveis, inclusão ainda maior dos catadores e ampliação da informação sobre o descarte consciente de embalagens. E, agora, com essa fundamental parceria, temos o desafio de ampliar ainda mais as iniciativas”, afirmou Victor Bicca, presidente da Abir.


O acordo estabelece cooperação técnico-científica, cultural e o intercâmbio de conhecimento, informações e experiências, visando à formação, ao aperfeiçoamento e à especialização técnica de recursos humanos, bem como ao desenvolvimento institucional, mediante a implementação de ações, programas, projetos e atividades complementares de interesse comum entre a Abir e o Ancat, com a finalidade de incentivar a economia circular de embalagens de bebidas.

“Parcerias como essa promovem o crescimento econômico, gerando melhor renda para as cooperativas e seus catadores cooperados e autônomos, e priorizando a nossa participação na cadeia de reciclagem e agenda ESG em todo o país”, afirmou o presidente da Ancat, Roberto Rocha.


7 visualizações0 comentário
bottom of page